Caro Visitante! Este blog é uma forma de expressar a minha paixão pela Arte, pela Natureza e também pela minha querida cidade natal que é Ribeirão Bonito. Espero que encontre aqui um espaço do seu agrado e, sobretudo que se sinta à vontade para apreciar, contemplar, refletir, observar, analisar, comentar, interagir, sugerir, enfim, participar. Seja bem-vindo!

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Tempo de Acabar?

Apocalipse:
O Mundo Tem
Data Para Acabar?








A SUPER de dezembro tem como tema “Apocalipse: O mundo tem data para acabar?” e traz três capas diferentes. Para entrar no clima de fim do mundo que vem por aí, foram criados cenários apocalípticos em alguns dos mais famosos pontos do país: os leitores do estado de São Paulo receberão a capa que mostra o apocalipse chegando ao MASP. A revista para o pessoal do Rio de Janeiro e da região Sul vai mostrar o Pão de Açúcar em meio a uma catástrofe climática. E o Distrito Federal e os demais estados terão uma visão do Congresso Nacional sendo destruído.






































Fonte:
http://super.abril.com.br/blogs/superblog/crie-um-apocalipse-na-sua-cidade-e-personalize-a-capa-da-super/



.

Um comentário:

  1. APOCALIPSE FIM DO MUNDO

    Não é o APOCALIPSE que está próximo.
    São os apologistas que tiveram seus neurônios sequestrados!
    Os comentários sobre a destruição do mundo e o Dia do Juízo é uma obra de ficção, para aterrorizar os ignorantes. Não interprete literalmente fantasias delirantes do Livro de Apocalipse.

    O objetivo das escolas de pensamento apocalíptico é tentar “descobrir” informações ocultas nas escrituras sobre o que Deus tem planejado para o destino da humanidade – em especial sobre o conflito final entre o bem e o mal. Ensinamentos apocalípticos intranquilizam as pessoas que os problemas atuais podem ser o resultado do poder do mal no mundo, e tudo isso acontece de acordo com o “plano” de Deus. No final, Deus vai prevalecer e o mal vai perder. Acontecimento que vai acontecer após a próxima era glacial, também conhecido como fim do mundo, Final dos Tempos, e Armagedon.
    Comentários infelizes, contém versos bíblicos descrevendo ou defendendo, bestialidade, sadomasoquismo, violência e atrocidades…

    Quanto amor, quanta preocupação!

    Perigo à exposição: Esse tipo de conteúdo, se exposto por longos períodos de tempo ou durante período de aprendizagem em crianças pode causar desilusões, alucinações, redução de habilidades cognitivas e objetivas, e em casos extremos, distúrbios patológicos (como de muitos fanáticos religiosos), ódio, fanatismo.
    Escrito em São Tomé das Letras, o Apocalipse é o mais viajado, polêmico e debatido livro da Bíblia. Os hippies o veneram como o registro histórico mais antigo de uma bad trip. Já os matemáticos acreditam que sua interpretação só é possível se aplicada uma série de matrizes. Edir Macedo fala que é uma escritura condenando todos aqueles que não pagarem 10% do salário e 20% aos pastores, ...ao Inferno. Outros preferem associar o livro à tsunami da Ásia, ao desastre de Chernobyl e ao 11 de Setembro, a Nova Ordem Mundial, aos Illuminati e ao Bahá’u'lláh. Evento denominado pelos Nórdicos como Ragnarök, a Batalha Final dos Deuses, onde o universo se dividirá entre aqueles que seguirão o Lado Negro da Força e os que seguirão o Lado Iluminado da Força.
    Tudo isso vai acontecer graças ao anjo Miguel e Satanás, que iniciaram a mítica guerra entre os Titãs e os guerrilheiros do Talibã. Nos últimos dias, virão a Besta e mais quatro cavaleiros, montados em pôneis, cada uma de uma cor: um branco, um preto, um pele-vermelha e um rosa-choque.

    Ninguém sabe como vai acabar a guerra final, mas o certo é que se a terra se chocar com Marte, os marcianos vão ficar muito furiosos e isso vai procovar uma Guerra nas Estrelas de consequências desastrosas.(mas será que eles se meteriam com Chuck Norris? Capitão Nascimento?

    Ateísmo define o reconhecimento do óbvio: desde tempos remotos, nunca houve um poder sobrenatural, Deuses, como descritos nos livros ditos sagrados das 3 principais religiões cristãs (e mormonismo) .
    Isso libera a humanidade de uma crença tirânica, a fim de concentrar as nossas energias em enfrentar a vida como a conhecemos aqui e agora.

    Esta é a maior oportunidade para a nossa salvação e liberdade de existirmos, libertando-nos de doutrinas e dogmas religiosos e sofrimento.

    Prefiro mil vezes ser um ateu convicto, ou um “crente” que acredita em si mesmo, do que chegar no limiar de minha vida numa postura patética dessas.

    E esse foi um pequeno incentivo, usando a raciona, para se libertar de vez do vício da religião e ajudar a outros “sair do armário”, para serem mais livres.

    Oiced Mocam – Livre Pensador
    http://livrodeusexiste.blogspot.com.br/
    Porto Alegre/RS

    ResponderExcluir