Caro Visitante! Este blog é uma forma de expressar a minha paixão pela Arte, pela Natureza e também pela minha querida cidade natal que é Ribeirão Bonito. Espero que encontre aqui um espaço do seu agrado e, sobretudo que se sinta à vontade para apreciar, contemplar, refletir, observar, analisar, comentar, interagir, sugerir, enfim, participar. Seja bem-vindo!

sábado, 26 de fevereiro de 2011

A Arte de Vik Muniz!

Vik Muniz






















A arte de Vik Muniz!
Arnaldo Jabor
http://g1.globo.com/platb/arnaldojabor/2009/01/24/a-arte-de-vik-muniz/

"A arte moderna dos anos 20 tinha a esperança de que a beleza ia reformar o mundo, mas depois de duas guerras mundiais, com a explosão da indústria cultural de massas, a arte ficou triste, lamentosa, sem caminhos.
Muito da arte contemporânea, ou se isola num desprezo superior à vida ou parte para demonizar o horror atual que, aliás, não é pouco.
Muito artistas olham com desdém a indústria cultural bruta e dominante. Eu creio que a importância das obras de Vik Muniz vem de sua recusa de colocar a arte solitária de um lado e a arte massificada de outro.
Vik devolve as catástrofes da cara do mundo, pega os detritos e recicla-os. Os materiais e os homens que a sociedade excluiu são seus assuntos.
Do lixo aos diamantes ele reinventa a tragédia que se esconde nas sobras sujas ou revela o ridículo que se disfarça no luxo.
Seus trabalhos são mais do que artísticos, eles apontam para uma nova atitude, não apenas de pintar ou criticar, mas de mexer no mundo, de invadi-lo.
Em vez de uma arte fria e desesperançada Vik restabelece uma atitude estética, ecológica e política, com a mão na massa, no ouro e na merda, ela cria esperança!"




Vik Muniz, Sarah Bernhardt, after Nadar, aus der Serie: Rebus, 2010, Digital C print, 119 x 101 cm und 213 x 180 cm, Edition von 10 und Edition 6/6



Nenhum comentário:

Postar um comentário