Caro Visitante! Este blog é uma forma de expressar a minha paixão pela Arte, pela Natureza e também pela minha querida cidade natal que é Ribeirão Bonito. Espero que encontre aqui um espaço do seu agrado e, sobretudo que se sinta à vontade para apreciar, contemplar, refletir, observar, analisar, comentar, interagir, sugerir, enfim, participar. Seja bem-vindo!

domingo, 20 de abril de 2014

Pipa: símbolo da Páscoa?




Páscoa: Tempo de Religar - Tempo de Recomeçar!


E havendo Cristo feito Paz por meio da Cruz, reconciliou consigo mesmo as coisas da terra e dos céus. 

(Colossenses 1.20 adapt)



Neste ano inspirou-nos nas celebrações e atividades da PÁSCOA um símbolo pouco usual no ambiente cristão: a pipa.

Por meio deste símbolo podemos rememorar muitos conteúdos próprios da Páscoa e refletir sobro o sentido e o significado da morte e da Ressurreição de Cristo:

A estrutura da pipa é feita a partir de uma cruz. Também a mensagem da Páscoa nasce de uma Cruz.

A pipa surgiu como instrumento de guerra: era usada na China há muitos séculos pelos generais para se comunicarem com seus exércitos por meio das cores, formas e movimentos da pipa. Também a cruz era um instrumento de violência e tortura nos tempos do início da era cristã.

De um instrumento de guerra a pipa se tornou inocente brincadeira de crianças. De um instrumento de tortura e morte, a cruz se tornou símbolo de libertação e de vida através da RESSURREIÇÃO de Jesus Cristo.

A pipa, metaforicamente, liga terra e céu. Jesus em sua morte e Ressurreição religa o ser humano com Deus.

Da mesma forma que a pipa está ligada por uma tênue linha às mãos de quem a conduz, as nossas vidas devem estar ligadas a Deus. Quando a linha da pipa é rompida ela perde o rumo. O mesmo ocorre com o ser humano quando rompe o seu relacionamento com Deus.

· O que sustenta a pipa no ar é o vento. Na Bíblia o Espírito Santo é comparado ao vento, do qual “não se sabe de onde veio e para onde vai”. O vento do Espírito sustenta todo o que é nascido de novo e se torna cidadão do Reino (Jo 3.5-8).

O que dá estabilidade à pipa é a rabiola. Também precisamos de estabilidade. É pela comunhão com Deus, em oração, que podemos ter estabilidade em nossas vidas.

Por fim, a mensagem de Páscoa, por ser uma mensagem de religação do ser humano com Deus, nos convida à restauração do nosso relacionamento com Deus, com o próximo, com a natureza. É tempo de recomeçar! Reatando nossos relacionamentos poderemos ter Ressurreição e Nova Vida.

Nesse sentido, a Pastoral Universitária e Escolar do IMS deseja a você uma ABENÇOADA E FELIZ PÁSCOA.



Rev. Luiz Eduardo Prates da Silva




Nenhum comentário:

Postar um comentário